Secil Outão

O complexo fabril do Outão (Setúbal) integra uma das maiores fábricas de cimento existentes em Portugal. Já na década de 70, dispunha de 6 fornos em laboração, com uma produção diária de 1.000 toneladas de cimento Portland.

Actualmente, com uma produção anual superior a 2.000.000 toneladas dos vários tipos de cimento cinzento, todo o processo de fabrico no Outão é feito por via seca, o que, aliado à possibilidade das suas linhas de fabrico poderem queimar carvão, fuelóleo, gás e "pet-coke", lhe dá grande flexibilidade, permitindo a optimização do consumo energético e a obtenção de excelentes índices de consumo de combustíveis por tonelada de cimento produzida.

A localização privilegiada da fábrica do Outão permite que tenha aí três cais acostáveis, dotados de meios autónomos de carga e descarga simultâneas.

No domínio da embalagem, dispõe de modernos sistemas de ensacamento e de empacotamento plastificado (no que foi pioneira em Portugal), estando equipada para efectuar a paletização automática e o posterior carregamento para camião ou navio.

No domínio ambiental, entre outras actividades foi desenvolvido em colaboração com as autoridades ambientais públicas e privadas um programa de recuperação paisagística e repovoamento florestal e zoológico, tendo-se já plantado mais de 900.000 plantas, criadas nas estufas existentes nesta fábrica.

No início de 1999 obteve a Certificação Ambiental pela Norma ISO 14001, sendo a quarta entre mais de 330 fábricas de cimento a laborar em toda a Europa, volta a constituir um marco na história da Secil e desta unidade fabril.



 
Home Notícias Contactos Mapa Candidaturas Advertência Jurídica Links